"Sem título" (2018) 

Performance integrante da instalação "IdentidadesImportadasCompactadasDemarcadas.Zip"

3 performers, fita crepe e projeção

Gif presente na performance através de projeção

Gif presente na performance através de projeção

A Performance tem duração em média de 45 minutos se inicia com a artista coberta de Fita Crepe pelo corpo todo, menos os olhos e o cabelo. Dois performers estão vestindo segundas peles com as estampas do projeto. Elos irão retirar a fita crepe do corpo da artista e entregar ao público até que não haja mais.


Nessa performance a artista conta um percorrer de uma jornada de descoberta como corpo racializado comuns à ela e outras pessoas amarelas. Representando isso através da retirada de fita crepe branca do seu corpo. A fita adesiva é um material recorrente ao yellowface, uma prática racista quando pessoas não amarelas se “fantasiam” de pessoas amarelas e, nessa prática, muitas pessoas brancas, para terem o olhar mais parecido a tal fenótipo utilizam esse material para puxar os olhos. Porém, nessa performance, o uso do material desse contexto racista é subvertido para o contexto antirracista.